Recreio, MG: Monumentos de Conceição da Boa Vista

Como nos lembrou um amigo deste blog, a Igreja Matriz de Conceição da Boa Vista chama a atenção do visitante. Monumento da católica que ocupou aquele território na primeira metade do século XIX, sofreu diversas obras de reforma ao longo do tempo, não sendo possível precisar detalhes ou sequer informar o nome dos artistas que a construíram ou reformaram. Atualmente, assim podemos encontrá-la.

Um outro recanto aprazível deste distrito é o jardim da Vila, no qual está a capela abaixo, construída em 1893.

Estes monumentos nos permitem perceber os valores estéticos de um tempo distante, lembrando que eram construídos por sugestão do representante local da Igreja Católica e com recursos dos moradores do lugar

Em viagens de pesquisa pelas localidades no entorno de Leopoldina, algumas vezes pudemos observar grande semelhança entre as construções mais antigas. Referimo-nos, especialmente, ao apuro ornamental que encontramos no interior de capelas, igrejas e outros monumentos. O que nos faz lembrar que um dos mais famosos artistas, com trabalhos citados em publicações da Capital da República, foi o português Ignacio de Castro Buena Flor, nascido por volta de 1847 e falecido em Leopoldina no dia 8 de julho de 1920.

Buena Flor construiu magníficos altares em igrejas da zona da mata mineira. Infelizmente suas obras foram desaparecendo, muitas vezes dilapidadas pelos próprios responsáveis por sua conservação, como dizem ter acontecido com a primeira capela do Colégio Imaculada Conceição de Leopoldina. Não podemos afirmar que tenha sido ele o autor dos artefatos que compunham a Igreja de Conceição da Boa Vista. Por antigos almanaques soubemos quea Matriz de Leopoldina possue um altar-mór, que é um primor de talha do artista Ignacio Buena Flôr, ricamente dourado às expensas de Manoel Antonio de Almeida”. Em outra passagem informa queBuena Flôr é o artista que talha seus altares e elegantes pulpitos por encomenda dos fazendeiros do distrito da Leopoldina que desejam ver seus santos protetores bem ornamentados”.

10 comentários:

  1. Anônimo7:51 PM

    Gostaria de informacoes de uma morador da cidade de Conceicao pois nao consigo acha-lo, o nome dele e Nelson Quirino e nao tenho muita certeza mas morava ultimamente em Poco de Caldas.Meu email ligiamonerat@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Prezado Sr. "Anonimo" sou primo de Nelson Querino. É verdade que ele foi morar em Poços de Caldas onde constituiu familia, mas, há mais de 20 anos ele mora sozinho nos Estados Unidos, tendo deixado a familia em MG. Soube que no final do ano passado ele teria retornado a Poços, nāo sei se ele continua por lá. A propósito, vc é de Conceiçāo?
    hyginodacruz@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Bom dia
    Teria alguma foto de Ignacio de Castro Buena Flor.
    Seria de suma importância para uma pesquisa que estou fazendo.
    studiomiragem1969@oi.com.br
    Obrigado
    Abs.

    ResponderExcluir
  4. Olá

    É um prazer trocar msg com vc. Algumas pessoas mencionaram página no facebook em que vc pede fotografias antigas de Leopoldina. Eu até respondi, para um destes interlocutores, que vc poderia encontrar grande número delas nos meus blogs e no meu site. Sou pesquisadora da história de Leopoldina e desde 1997 publico minhas pesquisas também na internet. Vi agora que no seu blog vc se refere a ruas e deve conhecer o livro Nossas Ruas, Nossa Gente, que escrevi em parceria com José Luiz Machado Rodrigues, publicado em 2004.

    Desconheço a existência de fotografias do Buena Flor. Vc está fazendo algum trabalho acadêmico? Se possível, dê notícias a respeito. Eu tenho interesse em saber mais sobre este artista.

    Tenho uma pesquisa em andamento sobre os antigos fotógrafos que passaram por Leopoldina. Caso vc tenha interesse em trocar informações sobre o assunto, por favor, entre em contato.

    www.cantoni.pro.br
    www.cantoni.pro.br/blog
    twitter.com/leopoldinaminas

    ResponderExcluir
  5. minha passagem por essa acochegante cidade mineira se deu nos anos de 1960
    IND garoto, como os outros bem levado, jogava bola no campo do IDEAL, time do saudoso seu GERALDO da garapa, meu responsavel nessa cidade era o meu cunhado, ZEZINHO CANTA GALO,funcionario no barracão da RFF.
    me divertia muito no carnaval daí brincav escondido porque era menor, na ASSOCIAÇÃO e no ROSA de OURO, embora tendo a pele clara eu entrava assim mesmo o MEU CUNHA era musico e tocava na ASSOCIAÇÃO E NO ROSA. soltava meus pardais a noite no cinema, brigava porque queria jogar sinuca no BAR CENTRAL(praça) pertubav a todos na cachoeira, enfim uma infancia maravilhosa nessa cidade. veja eu morava que perto tinha uma fabrica de descascar arroz, eera um beco que rtinha colegas tambem, o MAURICIO, IRINEU, GUIDIM, JORGINHO (os 2 ultimo familia PIMENTA) E BEIRAVA O RIO AS NOSSAS CASAS

    ResponderExcluir
  6. Recordar é viver. Uma sugestão, espero que o moderador desse blog divulgue meu comentário que é para divulgar blogs e sites de O JORNAL DE RECREIO,Minas que sempre falam desses tempos também. Através do site www.radianterecreio.com.br todos terão acesso a esses bons momentos que divulgo através de TEMPOS RADIANTE . Um abraço pra todos e agradeço desde já. Marco A. W. Freitas

    ResponderExcluir
  7. Anônimo9:39 PM

    Boa noite. Você postou que a Igreja N. S. Conceição da Boa Vista foi construída meados século XIX. Gostaria de saber o ano de construção da Igreja.

    ResponderExcluir
  8. Olá: a única referência que encontrei foi dos livros paroquiais. Por isto não é possível informar uma data precisa.

    ResponderExcluir

Inclua seu e-mail para que possamos entrar em contato com você