Um ano de História

O Arraial Novo começava a se organizar e os moradores locais já contavam com um meio de comunicação impresso. Segundo José Pedro Xavier da Veiga, na monumental obra Efemérides Mineiras, em 1890 circulou na Estação Recreio o jornal A Voz Mineira. Não tivemos acesso a este informativo mas podemos imaginar que seguia o modelo em voga naquela época.

Desde 1879 os moradores da então sede municipal – Leopoldina - já contavam com seu periódico. Trata-se de O Leopoldinense, informativo que trazia notícias locais, produção literária e também matérias extraídas de jornais da Corte, da capital da Província Mineira e de cidades próximas. Em 1885, segundo a mesma fonte, surgira na vizinha Campo Limpo a folha O Povo. Nos anos seguintes, outros informativos foram lançados.

Houve momentos em que o município de Leopoldina contava com mais de uma publicação semanal e elas dependiam de anunciantes e assinantes para continuarem existindo. Pode estar aí a razão para algumas folhas terem sobrevivido pouco tempo. Não se sabe, ao certo, o tempo de vida de cada uma. Especificamente no caso de A Voz Mineira, é provável que tenha deixado de circular bem antes do nascimento de O Verbo, periódico mais conhecido e de vida mais longa.

Para aqueles que se interessam pela história, jornais são uma fonte preciosa. É o que comprova, por exemplo o autor da monografia Pelas Folhas de "O Verbo": Percalços, esforços e ideais na primeira administração de Recreio, que pode ser lida neste endereço.

Por esta razão, cumprimentamos o autor quando decidiu lançar o Pólis, Informativo da Cidade de Recreio, uma fonte de Conhecimento para quem quer Conhecimento. No próximo dia 18 de agosto estaremos comemorando um ano de existência deste jornal. Antecipamos nossos cumprimentos pela data porque desejamos convidar os leitores para uma confraternização. Que cada um possa parar um pouquinho e pensar na importância do surgimento de um meio de comunicação que registra grande parte do cotidiano de Recreio.

A você, Leonardo, devemos uma homenagem especial. Você sabe que a história é construída a partir de eventos que, posteriormente, são lidos e interpretados como marcos de uma trajetória. Que você continue recebendo o apoio dos leitores e anunciantes e que o Pólis tenha uma longa vida.

Parabéns!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Inclua seu e-mail para que possamos entrar em contato com você